Comemorações natalinas na Itália

Estamos vivenciando o período mais esperado do ano: as festas natalícias.
No Brasil, como quase todo mundo que está lendo este blog já sabe, o Natal é comemorado com decorações nas ruas, compra de presentes, amigo secreto e com as mensagens natalinas, antes expressas em cartões reais que foram substituídos, por causa da falta de tempo e custos, pelos e-mails e cartões virtuais. No dia 24 de dezembro, às vésperas do Natal, é muito comum encontrarmos famílias reunidas para a ceia da meia-noite (com o tradicional peru ao forno e panetone) e a troca de presentes.


E na Itália? Na Itália as comemorações natalinas são um pouco diferentes. Claro que não faltam as decorações, o comércio sempre cheio para a compra dos presentes, as mensagens de auguri e as confraternizações entre colegas de trabalho e faculdade.


A tradição da Ceia de Natal varia de região para região, assim como o prato principal. Originariamente, o Cenone della Vigilia (a Ceia da Véspera) era uma tradição do sul da Itália e exclusivamente à base de peixe. No norte, é mais comum o Almoço de Natal, com pratos típicos de cada região ou de acordo com os gostos da família, mas sem o famoso peru, chester ou afins. Hoje, as tradições tendem a se misturar.


Quanto aos presentes, a troca é feita ou na véspera ou no dia do Natal, depende de como a família decidiu se reunir. Já os doces natalinos, os tradicionais são o famoso panettone e o pandoro, acompanhados de um bom spumante.


Assim como no Brasil, na Itália também tem a Missa do Galo, chamada de Messa della Mezzanotte.